Tags

, ,

Há um potencial destrutivo em qualquer grande esforço de realização individual, mas é inevitável se deixar levar quando chega o momento. A vontade de se autoaprimorar é uma daquelas coisas que não são nem justas nem injustas, simplesmente existem e são onipotentes. Questioná-la seria como questionar, no meio natural, a justiça da cadeia alimentar.

(Outra vida)

+

Anúncios