Tags

, ,

A partir de hoje, esporadicamente postaremos alguns Combos. A ideia: dois ou mais conteúdos, sem ligação temática, em um único post. Para começar – ilustrando a real ausência de vínculo que referimos -, uma frase de Manuel Antônio de Almeida e uma ilustração de Peanuts.

Dizem todos, e os poetas juram e tresjuram, que o verdadeiro amor é o primeiro; temos estudado a matéria, e acreditamos hoje que não há que fiar em poetas: chegamos por nossas investigações à conclusão de que o verdadeiro amor, ou são todos ou é um só, e neste caso não é o primeiro, é o último. O último é que é o verdadeiro, porque é o único que não muda.

(Memórias de um sargento de milícias)

+

Anúncios