Tags

O tempo desloca-se dentro de si próprio movido pela angústia ou pelo desejo. O tempo não tem vontade, tem instinto. O tempo é menos do que um animal a correr. Não pensa para onde vai. Quando pára, é a angústia ou o desejo que o obrigam a parar.

Anúncios