Tags

,

Na segunda-feira, 23/05, foram anunciados os 50 finalistas que concorrerão ao Prêmio Portugal Telecom de Literatura 2011. 50, de 380 inscritos iniciais. As obras refletem, de certo (e grosso) modo, o que de melhor se produziu (e alcançou o mercado) em matéria de literatura em português, nesses últimos tempos. A lista com as obras finalistas, além do júri responsável pela próxima votação, pode ser visualizada no site do próprio prêmio (disponível aqui). Para além do rol de títulos, fizemos outro tipo de leitura – bem menos literária, diga-se de passagem – desse resultado “intermediário”.

Os gráficos, meramente ilustrativos, mostram os finalistas divididos em algumas categorias básicas, gerais. A nosso ver, esse levantamento estatístico não serve para nada além de, simplesmente, levantar o mesmo resultado parcial, focando numa ou noutra coisa; não refletem, enfim, o cenário literário nacional nem nada do gênero. Tomem-no apenas como curiosidade.

(acima, a divisão dos finalistas entre homens e mulheres; abaixo, de acordo com a procedência das obras).

[abaixo]: obras finalistas, discernidas pelo gênero literário.

[Editoras e número de obras, dentre as 50 finalistas]

(Ao invés de “Comanhia”, leia-se “Companhia”, no quadro acima)

Anúncios